PREFEITURA MUNICIPAL DE CRAÍBAS
SIC/Ouvidoria:
O Órgão

Clima

O clima é do tipo Tropical Semiárido, com chuvas de verão. O período chuvoso se inicia em novembro com término em abril. A precipitação média anual é de 431,8mm..

Economia

Sua população vive basicamente da agricultura, voltada para o plantio de tabaco (fumo); também é muito forte o plantio de milho, algodão e feijão. Seus habitantes têm forte ligação com a cidade vizinha de Arapiraca, grande consumidora do tabaco plantado na cidade.  

Nos últimos anos o município vem sendo conhecido pela exploração de minérios, no qual foi detectado diversas áreas ricas em minério. A empresa Vale Verde, subsidiária da canadense Aura Minerals In é que vem explorando a região, que segundo pesquisas foi detectado milhões de toneladas de minério. A chegada da empresa vem gerando empregos e mais desenvolvimento para a cidade no qual está previsto também a chegada de uma ferrovia para deslocar o minério encontrado.

HISTÓRIA

HISTÓRICO DE CRAÍBAS

CRAÍBAS – o seu fundador foi Manoel Nunes da Silva Santos, adquirindo a propriedade denominada Craíbas, por compra a Felipe Nogueira de Lima pela quantia de cinquenta mil réis, em 12 de março de 1865, época em que o Brasil tinha regime imperial.

Manoel Nunes da Silva Santos, vindo do sítio dos Nunes município atualmente de Flores em Pernambuco, chegando aqui nada encontrou se não produtos da terra como sejam: árvores e matas principalmente “CRAÍBEIRAS”, dando assim a origem da denominação de Craíbas. Construindo aqui a primeira casa residencial para a primeira família.

Em 27 de julho de 1892 por falecimento de sua esposa Dona Josefa Teixeira da Silva, houve a primeira partilha dos bens para a primeira família que era formada das seguintes pessoas:

Filhos: José Nunes da Silva, Pedro Nunes da Silva, João Nunes da Silva e Antônio Nunes da Silva.

Genros: Pedro Gama da Silva, Roberto José dos Santos, Felipe José dos Santos, Roberto da Ressurreição Silva e Antônio Thomaz da Silva, cuja partilha foi feita entre todos amigavelmente, conforme documentos em arquivo.  

Em 23 de março de 1923 foi criada a feira pública, pelo Sr. Balbino José dos Santos. Em 06 de outubro de 1939, é criado o Cartório do Registro Civil pelo Dr. João de Oliveira Silva, Juiz de Direito da Comarca de Arapiraca-AL dando posse ao Sr. Alípio José dos Santos no cargo de escrivão.

Em 1962 com a Lei nº 2.471 Craíbas foi emancipada, implantando o município na administração do Gov. Luiz Cavalcante, tendo sido autor do projeto o Deputado José Pereira Lúcio.

O primeiro prefeito de Craíbas nomeado pelo Governador foi o Sr. Antônio José Barbosa, dominou o município durante o período de 23/09/62 a 29/09/63.

Com a eleição de 7 de setembro de 1963 é eleito o Prefeito Manoel Pedro da Silva, tomando posse em 29/09/63, perdendo o poder e Craíbas perdendo o título de cidade em 15 de julho de 1965 da última sessão da Câmara Municipal.   

           Fonte: Panfleto produzido em 23/04/83 Autor: Sr. Almir Rocha Santos

ORIGEM DE CRAÍBAS

O termo de (CRAÍBAS) é de origem tupi -“Carahyba”- e designa a árvore do ramo das bignoniáceas, muito comum na região. Era conhecido antes da criação oficial do município, em 1962, por Craíba dos Nunes, uma referência à família de pioneiros que se instalou no lugar.

Existência de muitas árvores conhecidas como craibeiras deram origem ao nome de Craíbas, no início de sua fundação por volta do século XIX.

Em março de 1865 Manoel Nunes da Silva Santos comprou uma propriedade ao Senhor Felipe Nogueira de Lima, que pela quantia de 50 mil réis, propriedade essa conhecida como Craíbas, casado com a senhora Josefa Teixeira da Silva que faleceu em 1892, formando assim uma grande família de nove filhos sendo quatro homens e cinco mulheres.

A descendência de Manuel Nunes fez com que a população craibense crescesse a ponto de unir-se a população de Arapiraca, que apresenta muitos descendentes de Manoel Nunes. Craíbas passou a ter laços que unia e continua unindo Arapiraca, a exemplo do progresso econômico que é de fundamental importância para nosso município.

 DESENVOLVIMENTO E EMANCIPAÇÃO

Craíbas assume características de povoado no início do século XX, em 1922 aparece no mapa de alagoas como lugarejo pertencente à Limoeiro de Anadia. Sua primeira feira livre aconteceu em 23 de março de 1923 e em 06 de outubro de 1939 inaugurou o cartório de registro civil pelo Dr. João Oliveira Silva, Juiz de direito da comarca de Arapiraca, o qual empossou o senhor Alípio José dos Santos como escrivão. Com o crescimento socioeconômico o povoado ganha autonomia administrativa em 28 de agosto de 1962, o autor do projeto de lei foi o deputado estadual José Pereira Lúcio, o mesmo foi sancionado pelo então governador Luiz de Souza Cavalcante. O município só foi instalado oficialmente em 23 de setembro de 1962. Antônio José Barbosa foi nomeado prefeito interino até a realização das eleições municipais em 1963, na qual Manoel Pedro da Silva foi eleito prefeito perdendo o mandato em 1965 e Craíbas passa neste ano a ser distrito de Arapiraca. Após muita luta, em 1982 houve um plebiscito para que o povo decidisse pela autonomia do município, tendo como líder Almir Rocha Santos. Com a vitória o governador Teobaldo Vasconcelos Barbosa devolve a Craíbas no dia 23 de abril de 1982 o direito de ser cidade, isto é, sua autonomia político administrativa.

 

Sobre Craíbas

Craíbas é um município localizado na região central de Alagoas. Sua população é de 22.643 habitantes e sua área é de 275 km² (78,93 hab/km²).